Descobrimos neste domingo no Museu de AGESCI uma notável coleção de arte islâmica.

Esta coleção é o resultado de dois legados, em 1909 e 1915, Charles Piet-Lataudrie e sua esposa, a filha de um grande colecionador parisiense.

O casal faz parte dos colecionadores do final do século XIX, atraídos pelas obras orientais.

Durante quarenta anos, eles excursionaram pela Europa, frequentando lojas que vendem antiguidades e venda de hotéis para finalmente doar algumas de suas obras para os museus em Paris e Niort, local de nascimento de Charles Piet-Lataudrie.

......................................................................................................................................................

Fonte: lanouvellerepublique