Alguns Versículos do Al-Qur´an Al-Karim

1- “Estáveis , acaso, presentes, quando a morte se apresentou a Jacó(Yakub), que perguntou aos seus filhos:- Que adorareis, vós, depois de mim? Responderam-lhe: Adoraremos o teu Deus, o Deus de teus pais, Abraão(Ibrahim), Ismael e Isaac(Is’haq); o Deus Único, a Quem nos submetemos.” (2ª:133)

 

NOTA: Vejamos para a preocupação de Yakub (A.S), um Profeta e Mensageiro de Allah. No momento da sua despedida deste mundo, preocupa-se com o futuro do Din dos seus filhos, aquém os convoca para perguntar-lhes o que iriam fazer depois da morte do pai. Como Yakub (A.S) tinha instruído os filhos com uma educação de Din, assim os filhos responderam satisfatoriamente. Na realidade, a preocupação de um pai na altura da sua morte deve relacionar-se com o futuro do Din dos filhos. Yakub (A.S) tinha doze filhos. Nesta ocasião de acordo com uma narrativa de ‘Tafssir Khazin’ Yakub (A.S) reuniu os netos também.

 

2- “Abraão(Ibrahim) legou esta crença aos seus filhos, e Jacó aos seus, dizendo-lhes: Ó filhos meus, Deus vos legou esta religião; apegai-vos a ela, e não morrais sem serdes submissos (a Deus).” (2ª:132)

 

NOTA:  Ibrahim (A.S) também um ilustre e nobre Profeta e Mensageiro de Deus, aconselha os filhos a segurarem firmemente o Din(religião). Ibrahim (A.S) tinha oito filhos dos quais dois são mais conhecidos, Ismael e Is’haq.

 

3- "Eis o relato da misericórdia de teu Senhor para com o Seu servo, Zacarias. Ao invocar, intimamente, seu Senhor, Dizendo: Ó Senhor meu, os meus ossos estão debilitados, o meu cabelo embranqueceu; mas nunca fui desventurado em minhas súplicas a Ti, ó Senhor meu! Em verdade, temo pelo que farão os meus parentes, depois da minha morte, visto que minha mulher é estéril. Agracia-me, de tua parte, com um sucessor! Que represente a mim e à família de Jacó; e faze, ó meu Senhor, com que esse seja complacente!" (19ª: 2-6)

 

NOTA: Neste versículo, Zakariya (A.S) numa noite ergue as suas mãos diante de Deus, na solidão, e pede a Deus um filho, apesar das circunstâncias serem contrárias, pois ele, um idoso de oitenta anos e a esposa uma mulher estéril. Mas, Zakariya (A.S) convicto no Poder e Grandeza de Deus, efetuou este Du'a (prece) esperançado na sua aceitabilidade, pois nunca as suas preces anteriormente foram rejeitadas. A razão de Zakariya (A.S) efetuar este pedido foi devido a degradação do Din nos seus parentes e familiares que iriam herdar dele o Din de Deus. Assim, temendo que estes fossem alterar o Din de Deus e que não possuíssem capacidade de o divulgar corretamente nas gerações posteriores, Zakariya (A.S) pediu a Deus um filho para que pudesse herdar o 'Ilm(conhecimento) do Din(religão) da parte do próprio Zakariya(A.S)  e dos seus antepassados, Yakub (A.S). (TAFSIR KHAZIN)

 

4- “Ó fiéis, precavei-vos, juntamente com as vossas famílias, do fogo, cujo alimento serão os homens e as pedras, o qual é guardado por anjos inflexíveis e severos, que jamais desobedecem às ordens que recebem de Deus, mas executam tudo quanto lhes é imposto. Ó incrédulos, não apresenteis escusas hoje, porque só sereis recompensados pelo que houverdes feito!" (66ª: 6-7)

 

NOTA: 'Ali (R) comentando este versículo diz que vós deveis aprender e ensinar á família o bem e o Adab (educação Islâmica) .

 

Ibn Abbás (R) diz que obedeçam as ordens de Deus, abstenham-se da Sua desobediência e ensinai  à vossa família o Zikr ( recordação de Deus) pois assim, Allah salvar-vos-á do Jahannam(Inferno).

 

Zaid ibn Aslam (R) conta que Raçulullah(mensageiro de Deus) Muhammad recitou este versículo, então os Sahabah(os companheiros dele) perguntaram: Ó Raçulullah ! Como poderemos salvar a nossa família do Jahannam? Raçulullah respondeu: Ordenando-os a prática daquilo que vem ao encontro da satisfação de Allah e impedindo-os daquilo que causa o descontentamento de Allah. (TAFSIR DURRE MANTHUR).

 

Existem inúmeras passagens nas quais o Profeta realça a importância de os pais instruírem os seus filhos com a educação Islâmica. Podemos ver o seguinte exemplo:
Anas (R) diz que o Profeta Muhammad disse: “Suratul Wáquiah é a Surata da riqueza (auto suficiência), assim, recitem-na e ensinem aos vossos filhos.”
Noutra narrativa também de Anas (R) conta que Raçulullah disse: “Ensinem ás vossas mulheres o Suratul Wáquiah, pois é a Surata da riqueza (auto suficiência).” (DURRE MANTHUR).

 

Abu Zabiya conta que Abdullah ibn Mas’ud (R) adoeceu e devido a esta doença que posteriormente viria a falecer. Usman Ibn Affán (R) foi visitá-lo e perguntou: “De que doença te queixas?” Ibn Mas’ud (R) respondeu: “Da dos meus pecados.” Usman perguntou: “O que desejas?” Ele respondeu: “A misericórdia (Rahmah) de Allah.” Usman perguntou: “Queres que mande chamar um médico?” Ele respondeu: “Foi o médico que me adoeceu.” Usman perguntou:  “Queres que te ofereça alguma ajuda (monetária)?” Ele respondeu: “Não necessito.” Usman disse: “Será útil para as suas filhas, depois da  tua morte!”  Ele disse: “Receias a fome a respeito das minhas filhas? Eu recomendei as minhas filhas para que recitassem todas as noites a Surata al Wáquiah, porque ouvi de Raçulullah : “Aquele que recitar todas as noites a Surata al-Wáquiah, a fome nunca o afligirá.” (TAFSIR IBN KATHIR).

 

Numa outra narrativa, o Profeta disse: “Recomendem aos vossos filhos a prática do Saláh(reza-oração) quando eles atingirem a idade dos sete anos e, castiguem-nos por não efetuarem o Saláh quando atingirem a idade dos  dez anos e separem-nos nos lugares de dormir.” (Mishkat)

 

Isto é quando os filhos atingirem esta idade, os rapazes não devem dormir no mesmo quarto das irmãs.

 

5- “E recomenda aos teus familiares a oração, e sê constante, tu também. Não te impomos ganhares o teu sustento, pois Nós te proveremos. A recompensa é dos devotos.”  (20ª:132)

 

NOTA: Abu Said Khudri (R) conta que quando o versículo acima mencionado foi revelado, o Profeta dirigia-se para a porta da casa de 'Ali (R) no tempo de Salatul Fajr, ao longo de oito meses, e dizia: “Está na hora do Saláh, que Deus tenha Misericórdia acima de vós, Deus só deseja afastar de vós a abominação, ó membros da Casa, bem como purificar-vos integralmente.” (DURRE MANTHUR).

 

Sábit (R) diz: “Sempre que a fome afligia a família do Profeta recomendava o Saláh(a oração) á família, dizendo: ‘Façam Saláh(rezam), façam Saláh...’”. Sábit(R) conta: Sempre que acontecia algo aos Profetas e Mensageiros, eles recorriam ao Saláh. (DURRE MANTHUR).

 

Abdullah ibn Salám (R) conta: “Quando o aperto do sustento ou alguma outra dificuldade afligia a família do Profeta, ele recomendava-os a prática do Saláh.” (DURRE MANTHUR).

 

Aslam(R) conta que Umar ibn Khattáb (R) costumava efetuar o Saláh ao longo da noite, ao entrar na  última parte da noite acordava a sua família dizendo-os: “Está na hora do Saláh, está na  hora do Saláh...” e recitava o versículo acima mencionado.” (DURRE MANTHUR).

.....................................................

Fonte:

Religiaodedeus.net