عربي - Deutsch - Française - Português - Español - - Italiano - русский

Chat ao vivo

Chat ao vivo

Se quer colocar qualquer pergunta acerca do Islam!

Como se verter ao islamismo?

Como se verter ao islamismo?

Nos estamos do seu lado em qualquer tempo, Coloque a sua questao e nos as respondemos gracas a Allah

A fé islâmica baseia-se na existência de um Criador عnico, Administrador deste Universo e tudo que nele existe de criaturas. A razمo do homem o leva a concluir que necessariamente por trلs deste Universo hل um Agente Criador. O Alcorمo exorta o ser humano a meditar sobre a natureza que estل diante de seus olhos:

"Na criaçمo dos céus e da terra, na alternaçمo do dia e da noite; nos navios que singram o mar para o benefيcio do homem; na لgua que Deus envia do céu, com a qual vivifica a terra, depois de haver sido لrida e onde disseminou toda a espécie animal; na mu- dança dos ventos; nas nu- vens submetidas entre o céu e a terra, (nisso tudo) hل sinais para os sensatos." (Alcorمo Sagrado 2:164)

No entanto, a razمo do homem é limitada e nمo lhe faculta o conhecimento da essência de Deus. Devido a isso, Deus nos enviou mensageiros, aos quais revelou sua mensagem para transmitي-la a nَs. Nessa mensagem, Deus nos informa a Seu respeito: Sua essência e Seus atributos. Ele é diferente de Suas criaturas e nada é semelhante a Ele:

"Dize: Ele é Deus, ْnico! Deus o Absoluto. Jamais gerou ou foi gerado. E ninguém é comparلvel a Ele" (Alcorمo Sagrado 112:1-4).

Sua Existência

A existência de Deus transcende os limites de espaço e tempo.

"Ele é o Primeiro e o Ultimo; o Visيvel e o Invisيvel, e é Onisciente."

Sua Sabedoria

Ele é sلbio e sua sabedoria é ilimitada:

''Dize-lhes: Se o oceano se transformasse em tinta, com que se escrevesse as palavras de meu Senhor, esgotar-se-ia antes de Lhe esgotarem as palavras, ainda que para isso se empregasse outro tanto". (Alcorمo Sagrado 18:109)

Sua Onisciência

O Seu conhecimento abrange tudo: o cognoscيvel e o incognoscيvel; o oculto e o manifesto; o passado, o presente e o futuro, e nada Lhe escapa:

"Ele possui as chaves do incognossيvel, coisa que ninguém, além d'Ele possui; Ele sabe o que hل na terra e no mar; nمo hل um sَ grمo no seio da terra, ou nada verde, ou seco, que nمo esteja registrado no Livro lْcido."  (Alcorمo Sagrado 6:59)

Seu Poder

O poder de Deus nمo tem limite. Ele é capaz de tudo. O seu poder se manifesta neste Universo maravilhoso e tمo bem ordenado. Todas as coisas atestam a Sua onipotência e se dirigem a Ele em adoraçمo e a Ele sمo submissas:

"Bendito seja Aquele em cujas mمos estل a Soberania, e é Onipotente. Que criou a vida e a morte para provar quem de vَs melhor se com- porta, porque é o Poderoso, o Indulgentيssirno. " (Alcorمo Sagrado 67:1-2)

Sua Soberania

Deus é o Soberano Absoluto. O Seu reino abrange todas as dimensُes; o céu e a terra, o mundo e o Dia do Juيzo Final. O muçulmano repete diariamente em suas cinco oraçُes esta verdade eterna:

"Louvado seja Deus, Senhor do Universo, o Clemente, o Misericordioso. Soberano do Dia do Juيzo. Sَ a Ti adoramos e de Ti imploramos ajuda. Guia-nos à senda reta. ہ senda dos que agraciaste, nمo a dos abominados, nem à dos extraviados." (Alcorمo Sagrado 1:1-7).

Crença Em Deus

As ciências, do ponto de vista islâmico, sمo de dois tipos:

1ھ- Racionais, e sمo aquelas que podem ser adquiridas e aprendidas mediante o exercيcio do pensamento.

2ھ- Tradicionais, e sمo aquelas que sمo transmitidas de geraçمo em geraçمo.

"Hل duas categorias de ciências: A primeira é natural ao homem e fruto de seu pensamento; a outra é tradicional e transmitida por seus fundadores. A primeira categoria é a das ciências filosَficas. Sمo aquelas que o homem adquire naturalmente pelo exercيcio da reflexمo. Mediante esta, ele toma consciência da diferença entre o verdadeiro e o falso, graças ao exercيcio de suas faculdades especulativas e investigadoras que sمo prَprias ao ser pensante. A segunda categoria compreende as ciências tradicionais e institucionais. Nelas, tudo depende das informaçُes dadas pela autoridade de uma determinada lei religiosa. Aqui a razمo nمo tem lugar, salvo para realçar certos problemas de detalhe aos princيpios fundamentais. A fonte de todas as ciências tradicionais sمo as prescriçُes do Alcorمo e da Sunnah, ou seja a lei revelada por Deus a Seu Mensageiro. Hل um grande nْmero de ciências tradicionais, pois, é dever de todo muçulmano cumprir com suas obrigaçُes religiosas" (Ibn Khaldun) 

A crença islâmica é fundamentada nas duas categorias. Deus dotou o ser humano de uma faculdade racional que lhe permite deduzir fatos nمo percebidos pelos sentidos. O Islam é um apelo ao uso desta faculdade que o diferencia das de- mais criaturas.

A maior parte dos artigos da fé islâmica sمo baseados em argumentos lَgicos e racionais, como a existência e a unicidade de Deus, que se deduzem através da meditaçمo o reflexمo sobre o Universo. Deus censura aqueles que paralisam a sua razمo e seguem cegamente as crenças herdadas dos paيs e antepassados:

 "Deparamo-nos com nossos pais a praticarem um culto, pelos rastros dos quais seguirenws." (Alcorمo Sagrado 43:23)

 A segunda categoria abrange a revelaçمo divina aos mensageiros. Ela completa a razمo e fornece informaçُes que o ser humano nمo consegue adquirir apenas pelo uso da faculdade racional. ة o caso dos atributos de Deus, a crença no Dia do Juيzo Final, nos anjos e tudo que revela do conhecimento metafيsico.

Certa vez, o Anjo Gabriel perguntou ao Mensageiro de Deus:

Em que consiste o Islam?

O Profeta respondeu:

''Atestar que nمo hل divindade além de Deus, e que Muhammad é Seu Mensageiro; cumprir a oraçمo, pagar o zakat, jejuar durante o mês de Ramadan e peregrinar a Makka, se tiver condiçُes para isso.''

O anjo Gabriel perguntou entمo: Em que consiste a crença?

O Profeta respondeu:

''ة crer em Deus, em Seus anjos, em Seus livros, em Seus Mensageiros, no dia do Juيzo Final e na predestinaçمo.''

Finalmente, perguntou: Em que consiste o ihsan (benevolência)?

O Profeta respondeu:

''ة adorar a Deus como se O estivesse vendo, pois, mesmo que você nمo O veja, Ele certamente o vê."

Desta tradiçمo podemos concluir que os deveres do muçulmano se relacionam com o seu corpo, ou seja prلticas, e outras se reportam ao "coraçمo". A religiمo sَ se completa com as duas, e nمo se pode dissociar uma da outra.

Crer Em Deus

Consiste em crer, de forma categَrica e indubitلvel, na existência de Deus; que Ele possui todos os atributos de perfeiçمo e estل acima de qualquer imperfeiçمo. A fé do indivيduo sَ se completa quando é declarada com a lيngua e concretizada com os atos.

Nenhuma outra religiمo insiste tanto em refinar a crença em Deus como o Islam. Ele proيbe que o ser humano se incline diante de seu semelhante ou de qualquer criatura, fazer oferendas a outro além de Deus, atribuir imperfeiçمo a Ele, profanar Seus mandamentos, ou menosprezar Seus mensageiros. O muçulmano deve acreditar, de for- ma indubitلvel, na Unicidade de Deus, em Sua Soberania, Divindade, Nomes e Atributos.

Unicidade de Deus Quanto a Sua Soberania

ة acreditar categoricamente que Deus é Senhor de todas as coisas e nمo hل Senhor além d'Ele, que Deus é o agente absoluto deste Universo; Ele o criou, o administra, e toma conta de todos os acontecimentos. O Alcorمo Sagrado insiste sobre este princيpio em quase todas as Suratas.

"Louvado seja Deus, Senhor dos céus e da terra, Senhor do Universo." (Alcorمo Sagrado 46:36)

Unicidade de Deus Quanto a Sua Divindade

 ة acreditar que Deus é o Deus verdadeiro, e nمo hل divindade além d'Ele; dirigir unicamente a Ele todos os atos de adoraçمo; como a temência, a esperança, a sْplica, a oraçمo.

 "Nمo criei os gênios e os humanos, senمo para adorarem- Me." (Alcorمo Sagrado 51:56).

 O objetivo pelo qual foram enviados os mensageiros é esclarecer esta realidade aos seres humanos:

 "Jamais enviamos mensageiro algum antes de ti (َ Muhammad), sem que lhe tenhamos revelado que: Nمo hل divindade além de Mim. Adora-Me." (Alcorمo Sagrado 2:25)

Unicidade de Deus Quanto a Seus Nomes e Atributos

ة acreditar que Deus é Perfeito em todos os Seus atributos e estل acima de qualquer imperfeiçمo. Seus nomes e atributos sمo-Lhe peculiares e ninguém os compartilha com Ele. O muçulmano nمo deve comparar nada a Deus , mesmo que os atributos sejam expressos em palavras equivalentes às designadas às criaturas:

"Nمo comparais ninguém a Deus, porque Ele sabe e vَs ignorais." (Alcorمo Sagrado 16:74)

Deus ouve, vê, fala, mas em nada disso, Ele Se assemelha a Suas criaturas. Quanto a Seus Nomes, eles derivam de Seus atributos. Assim, dizemos que Deus é Sلbio, o qual deriva da Sabedoria e assim por diante.

Atributos de Deus

Os atributos dizem respeito a essência de Deus e Suas caracterيsticas. Sمo conhecidos através da revelaçمo de Deus a Seus mensageiros, nمo tendo lugar para a faculdade racional. Pode-se resumi-las em treze:

Existência a Primordialidade e Eternidade

Supُe-se que a existência de Deus nمo é acidental ou temporلria e portanto nمo hل limite temporal para esta existência. Porque se fosse racional que Deus nمo fosse eterno, entمo, Sua existência seria acidental como as criaturas, e isso é ilَgico e impossيvel na essência de Deus, porque contradiz a divindade.

Auto Suficiência

Isto significa que Deus nمo depende de outros elementos. Para esclarecer, damos o seguinte exemplo: uma planta precisa de لgua, luz e nutrientes. Entمo, a planta depende de outros elementos para existir e, portanto, nمo é auto-suficente.

Dissemelhança Com as Criaturas Nos Atos e Nos Atributos e Na Unicidade

Inclui que nمo hل seres que se comparam a Deus em Sua essência, que nenhum ser se assemelha a Deus em Seus atributos, que nenhum ser realiza açُes da mesma natureza dos atos de Deus. A fé nestes atributos traz em si a negaçمo do contrلrio das mesmas. Assim, se Deus estل vivo, isso significa que jamais morre.

 Vontade

Deus age na criaçمo conforme a Sua Vontade e Sapiência. Ele cria as coisas com peculiaridades, dando- lhes dimensمo, forma e posiçمo no espaço e no tempo.

"A Nossa ordem, quando desejamos criar algo, consiste em: Seja! e o mesmo se transforma em realidade" (Alcorمo Sagrado 16:40)

"Teu Senhor cria e escolhe da maneira que melhor Lhe apraz, ao passo que eles nمo têm faculdade de escolha. Glorificado seja Deus de quanto Lhe atribuem!" (Alcorمo Sagrado 28:68)

"Dize: س Deus, Soberano do poder! Tu concedes a soberania a quem Te apraz e a retiras de quem desejas; exaltas a quem queres e humilhas a Teu bel-prazer. Em Tuas mمos estل todo o Bem, porque sَ Tu és Onipotente." (Alcorمo Sagrado 3:26)

Onisciência

O conhecimento de Deus abrange tudo, abarca todas as coisas, tanto faz o passado, o futuro e o presente. O saber de Deus nمo foi precedido de ignorância, como é o caso das criaturas, nمo estل sujeito a esquecimento, e nمo é limitado no espaço e nem no tempo. A organizaçمo, a perfeiçمo e a sapiência que se verificam no Universo, sمo uma prova cabal da onisciência de Deus.

"Nمo reparas em que Deus conhece tudo quanto existe nos céus e na terra? Nمo hل confidência entre três pessoas sem que seja Ele a quarta delas; nem entre cinco, sem que Ele seja a sexta; nem que haja menos ou mais que isso, sem que Ele esteja com elas onde quer que se achem. Logo, no Dia da Ressurreiçمo os inteirarل de quanto fizerem, porque Deus é Onisciente." (Alcorمo Sagrado 57:7)

"Ele possui as chaves do incognoscيvel, coisa que ninguém, além d'Ele, possui; Ele sabe o que hل na terra e no mar; e nمo cai uma folha sem que Ele disso tenha ciência; nمo hل um sَ grمo no seio da terra, ou nada verde, ou seco, que nمo esteja registrado no Livro Lْcido." (Alcorمo Sagrado 61:59)

"Em qualquer situaçمo em que vos encontrardes, qualquer parte do Alcorمo que recitardes, seja qual for a tarefa que empreenderdes, seremos testemunha quando nisso estiverdes absortos, porque nada escapa a teu Senhor, nem do peso de um لtomo ou algo menor ou maior que este, na terra ou nos céus, pois tudo estل registrado num Livro lْcido." (Alcorمo Sagrado 10:61)

 Vida

Deus Altيssimo é Vivente, a vida é o atributo, base na qual se sustentam os outros atributos, como a onipotência, vontade, sapiência, audiência, visمo. Se Deus nمo fosse vivente, entمo nمo seria possيvel atribuir-lhe os outros atributos. A vida de Deus é perfeita, nمo hل como concebê-la, assim como os Seus demais atributos.

A vida de Deus nمo foi precedida de inexistência, e nمo é acompanhada de morte ou fim.

"E recomenda-te ao Vivente, Imortal, e celebra os Seus louvores; e basta Ele como Sabedor dos pecados de Seus servos." (Alcorمo Sagrado 25:58)

"Ele é o Vivente! Nمo hل mais divindade além d'Ele! Invocai-O, pois, sinceramente! Louvado seja Deus, Senhor do Universo!" (Alcorمo Sagrado 40:65)

"As frontes se humilharمo ante o Vivente, o Subsistente. Quem tiver cometido iniquidade estarل desesperado" (Alcorمo Sagrado 2:111)

Elَquio

Deus Altيssimo é eloquente, e sua fala nمo se faz mediante vocلbulos ou sons. Diz Deus no Alcorمo Sagrado que falou diretamente a Moisés:

"... E Deus falou diretamente a Moisés." (Alcorمo Sagrado 4:164)

As Suas palavras sمo imensurلveis:

"Dize-lhes (َ Muhammad): Se o oceano se transformasse em tinta, com que se escrevesse as palavras de meu Senhor, esgotar-se-ia antes de Lhe esgotarem as palavras, ainda que para isso se empregasse outro tanto." (Alcorمo Sagrado 18:109)

Este é um dos atributos de Deus que conhecemos mediante a revelaçمo a Seus mensageiros. Devemos, portanto, acreditar nele, sem no entanto entrar em discussُes ou consideraçُes de ordem filosَficas para decifrar a realidade desse atributo, pois a exemplo de todos os atributos de Deus, as nossas limitaçُes intrيnsecas nمo nos permitem chegar a isso.

Visمo e Audiçمo

Deus Altيssimo é Onividente, e ouve tudo, sem que a Sua escuta a um grupo o impedisse de ouvir outros, o independentemente da diversidade das lيnguas. Deus nمo Se utiliza de um َrgمo auditivo para ouvir, pois a audiçمo é parte de Sua prَpria essência. Certa vez uma senhora queixou-se ao Profeta do tratamento injusto de seu marido. Foram revelados, entمo, os seguintes versيculos:

"Em verdade, Deus escutou a declaraçمo daquela (mulher) que discutia contigo acerca de seu marido e se queixava a Deus. Deus ouviu vossa conversaçمo, porque é Oniouvinte, Onividente."(Alcorمo Sagrado 58:1)

Da mesma forma que Deus ouve tudo, Ele também vê tudo, de forma que abrange os mيnimos detalhes. A Sua visمo nمo se dل através de um َrgمo visual, como é o caso das criaturas, mas trata-se de um atributo inerente à essência divina. Deus enviou Moisés o Aarمo ao Faraَ e disse-lhes:

"Ide ambos ao Faraَ, porque ele se extraviou. Porém, falai-lhe afavelmente, a fim de que recorde ou tema. Disseram: O Senhor nosso, tememos que ele nos imponha um castigo ou que se extravie. Deus lhes disse. Nمo temais, porque estarei convosco; ouvirei e vigiarei." (Alcorمo Sagrado 20:43-46)

"Ele conhece os olhares furtivos e quanto ocultam os coraçُes." (Alcorمo Sagrado 40:19)

Atributos Referentes à Essência e aos Atos

Entre os atributos de Deus hل aqueles que se referem à essência, tais como a Vida, Sapiência, Onipotência, Vontade, Audiçمo, Visمo e Elôquencia. Outros atributos se referem, aos atos, como a Criaçمo, Subsistência; o Criador e o Subsistente é Quem cria e provê a subsistência.

"Os olhares nمo podem percebi, nمo obstante Ele Se apercebe de todos os olhares, porque Ele é o Onisciente, o Sutilيssimo" (Alcorمo Sagrado 6:103)

 "Nada se assemelha a Ele e é o Oniouvinte, o Onividente" (Alcorمo Sagrado 42:11)

 "Ele lhes conhece tanto o passado como o futuro, nمo obstante eles nمo logrem conhecê-Lo." (Alcorمo Sagrado 20:110)

 Numa tradiçمo, o Profeta Muhammad disse:

 "Meditem sobre a criaçمo de Deus e nمo meditem sobre a Sua Essência, pois jamais alcançarمo concebê-la devidamente."

Tudo que nos foi solicitado em matéria de fé, é sabermos que Deus existe, possui nomes sublimes, atributos de perfeiçمo absoluta, somos chamados a nos abster de discutir acerca de coisas além de nossa concepçمo e cujo conhecimento de nada nos serve, e a sua ignorância em nada nos prejudica.

Marcos Orientadores

A nossa obrigaçمo é andarmos na luz desses atributos, tomل-los como exemplo e objetivo, para chegarmos ao mلximo de ascensمo espiritual e elevaçمo da alma.

O Imam Al Ghazلli escreveu um livro intitulado: "Al Maksadul Asnل" (O Objetivo Maior), no qual interpretou os significados e a importância para o ser humano dos sublimes nomes de Deus. ة uma boa referência, e nَs extraيmos do mesmo o seguinte:

 Deus é o Senhor do Universo: Este é um exemplo sublime e o ser humano tem o dever de adotل-lo, educando bem a si mesmo, a seus familiares, e agir de acordo com o bem-estar geral.

Deus é Clemente: Distribui a Sua graça entre Seus servos, manifestando-lhes o Seu amor, sem que os mesmos fizessem algo pelo qual mereçam recompensa. ة um exemplo grandioso que o muçulmano deve seguir, tendo clemência de seus semelhantes, fazendo o bem para aprazer a Deus, sem o desejo de tirar algum proveito ou o de causar algum mal.

Deus é Misericordiosيssimo: Recompensa o servo por seus bons atos é outro exemplo a ser seguido pelo ser humano, retribuindo bondade por bondade.

Deus é Soberano do Dia do Juيzo: Julga os seres humanos de acordo com seus atos, punindo o pecador, nمo com desejo de vingança, mas com a alma do perdمo, como o Senhor Misericordioso deve tratar a seu servo, como o pai a seu filho. Este é mais um elevado exemplo que obriga o ser humano a saber perdoar em seu tratamento aos outros.  

http://r-islam.com