عربي - Deutsch - Française - Português - Español - - Italiano - русский

Os muçulmanos respeitam e reverenciam Jesus e aguardam a sua segunda vinda. Eles o consideram como um dos maiores mensageiros de Deus. O muçulmano nunca se refere a ele simplesmente como "Jesus", mas sempre acrescenta a frase "a paz esteja com ele". O Alcorão confirma seu nascimento de uma virgem (uma Surata do Alcorão é denominada "Maria") e Maria é considerada a mais pura mulher de toda a criação. O Alcorão descreve a anunciação como segue:

"Recorda-te de quando os anjos disseram: ó Maria, é certo que Deus te elegeu e te purificou, e te preferiu a todas as mulheres da humanidade!... ó Maria, por certo que Deus te anuncia novas felizes com Seu Verbo, cujo nome será Messias, Jesus, filho de Maria, nobre neste mundo e no outro, e se contará entre os diretos de Deus. Falará aos homens ainda infante, bem como na maturidade, e se contará entre os virtuosos." (Alcorão 3:42-47)

Jesus (a paz esteja com ele) nasceu miraculosamente por intermédio do mesmo Poder que criou Adão sem o concurso de um pai.

"O exemplo de Jesus, ante Deus, é idêntico ao de Adão, a quem Ele criou da terra; então lhe disse: Seja! e foi." (Alcorão 3:59)

Durante sua missão profética, Jesus operou muitos milagres.O Alcorão informa que ele disse:

"Apresento-vos um sinal de vossa Senhor: Plasmarei de barro a figura de um pássaro, com o beneplácito de Deus, curarei o cego de nascença e o leproso; ressuscitarei os mortos com a anuência de Deus e vos revelarei o que consumis e o que entesourais em vossas casas." (Alcorão 3:49)

Nem Muhammad, nem Jesus (a paz esteja com eles) vieram para mudar a doutrina básica da crença em Um Deus, trazida pelos profetas anteriores, mas para a confirmarem e para renová-la. No Alcorão é narrado que Jesus (a paz esteja com ele) veio para:

"Confirmar-vos a Tora que vos cbegou antes de mim, e Para liberar-vos algo que vos está vedado. Eu vim com um sinal de vosso Senhor.Temei a Deus, pois, e obedecei-me." (Alcorão 3:5O)

.....................................................................

Fonte :

.islamicbulletin.org/portuguese/portuguese.htm#a1